Este é o link do meu livro: Sol Mar Mel, Fragmentos da Vida no CREATESPACE. Você ja pode comprá-lo. Também no AMAZON.COM,BR e no KINDLE (leitor eletrônico) Lembrando que no AMAZON e no KINDLE está disponível em todos os países. http://www.amazon.com/Sol-Mar-Fragmentos-Vida-Portuguese/dp/1508621047/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1424972270&sr=1-1&keywords=Sol+Mar+Mel+Fragmentos+da+Vida


sexta-feira, 25 de junho de 2010

O SEGREDO DA MAÇĀ

Era apenas uma maçã. Uma fruta comum como qualquer outra. Mas aquela linda mulher tinha verdadeira adoração por maçãs! Seus olhos brilhavam sempre que as via.
Ana era uma mulher linda! Morena. Traços de índia. Uma beleza peculiar! Onde passava, todos os olhos a acompanhava.
Era impossível ignorar sua beleza! Ana era casada com João.Ele, um rapaz serio e apaixonado pela esposa. Tinha muito ciúmes dela. Apesar de ela nunca ter dado motivos para isso. Eles moravam numa isolada cidade do interior. Nem prédio existia. Aliais,nem casa com um andar. So térreo. Ana também, tinha fascinação por escadas. Admirava as várias escadas dos clássicos do cinema. Mas como não tinha casa alta naquela cidade.... Todo dia Ana estava degustando uma maçã. Cada mordida ...Era sensual. Ana comia a macã de uma maneira....De uma maneira indecente! Isso mesmo! Indecente! O marido? Ficava observando. Notava-se que ele estava com ciúmes da maçã. Todo dia era a mesma coisa. O marido observava ainda mais intrigado.Ele se perguntava o porque daquela situação. O que significava aquilo? Teria alguma mensagem subliminar no ato de comer uma simples maçã? Estaria sua esposa guardando algum segredo? Ele estava desconfiado. Sua intuição dizia que algo estava errado. Resolveu que iria seguir sua esposa quando ela fosse comprar outra maçã. Ele estava escondido. Ana atravessa a rua num vestido lindo. Ele ja achou estranho. E ela foi em direção ao pequeno estabelecimento onde se vendia as deliciosas maçãs. O João estava la atrás, escondido. Ana aproximou do velhinho.(old man) e pediu uma maçã. As maçãs estavam num suporte de cor azul e envolvidas em um aveludado papel de cor violeta. Nem pareciam maçãs. Eram embrulhadas tão cuidadosamente que pareciam diamantes.E Ana pegou sua maçã como se fosse uma jóia e foi para casa. E João, desistiu da suspeita da esposa. O velhinho não poderia ser o amante de sua esposa. Percebeu que fez papel de idiota.
Certo dia João disse para querida esposa que eles iriam para a capital. Para a cidade grande. Teria que fazer um curso de 3 dias. Seria uma ótima oportunidade para passearem na cidade grande. E Ana, nem conhecia cidade grande. Ela adorou a idéia! Estava alegre! Cantava pela casa... Naquela tarde, um dia anterior a viagem para a capital, João chegou um pouco mais cedo. Queria fazer surpresa. Abriu a porta degavar. Sem fazer barulho. Percebeu que Ana estava ao telefone.E ouviu o seguinte de Ana: Não vejo a hora de ir! Comprei um vestido vermelho lindo! Finalmente irei fazer o que desejo ha muito tempo! João? Ele não precisa saber! Farei quando ele sair. Não vejo a hora! Então ate mais! Ela desligou o telefone e João aproxima um pouco sem graça. Afinal, ele estava certo. Sua esposa tinha um amante. E o encontraria la na cidade grande.No dia seguinte,enquanto Ana estava no banho, ele o marido, abriu a mala da Ana e viu o vestido vermelho e três maçãs envolvidas num papel aveludado. Agora ele entendia o que significava a maçã para Ana. A maçã era o amante. Esse era o mistério! Ele estava com muita raiva. Foi la em cima do guarda-roupas e pegou sua arma e por nas suas mala.
Depois de horas e horas viajando,chegaram na cidade grande. Foi para o hotel que ja tinham feito reserva antes. Um hotel lindo! A escada que leva aos quartos, era vermelha! Muito bonita! Enquanto subia Ana admirava aquela escada. Parecia que estava no cinema. dentro do filme!Cansados, foram dormir. No dia seguinte o marido teria que ir para o curso. Naquela manha, ela, Ana, levantou mais cedo e foi direto na caixa de maçãs. 3 maçãs. Com um lenço fino, ela cuidadosamente lustrava as 3 maçãs. O marido acordou e ficou olhando com ódio. Ele sabia o porque das maçãs. Ele tomou banho, se vestiu e pegou sua mochila e se despediu friamente. Ela estranhou um pouco. mas não ligou muito. Ele sempre foi serio. Ele saiu do quarto e ficou la fora, na entrada num lugar escondido. Ana, apos um banho, por seu vestido vermelho e começou a fazer uma maquiagem que havia aprendido na tv. Estava linda! Ja vestida e pronta,ela pegou uma caneta em sua mala e escreveu um bilhete para seu marido. Demorou um tempo para escrever. Fez alguns rascunhos ate ficar o jeito que lhe agradou. Em seguida, ela vai ate a caixa e pega uma das maçãs. Tira o papel e sai do quarto com a maçã na Mao como se tivesse segurando um diamante. Próxima do primeiro degrau da escada,ela começa a comer a maçã. Ela se sente uma personagem dos clássicos do cinema. Na recepção, que estava cheia, todos admiravam aquela mulher de vestida de vermelho e comendo uma maçã. A cada degrau....A cada mordida... se via sensualidade. Parecia que ela estava em câmara lenta. Deslizava pela escada vermelha com o corrimão dourado. Cada degrau era como magia para Ana. João, o marido via aquela cena. Nunca tinha visto sua esposa tão linda! João viu que um homem bem vestido estava na porta. Ele imaginou logo que era o amante de sua esposa. Enquanto ela descia as escadas comendo uma maçã, João saca seu velho revolver e atira nela! Três tiros! Ana cai. A maçã e o sangue vai descendo pela escada vermelha. João corre para o quarto para pegar suas coisas e fugir. Quando entra no quarto, vê um bilhete de Ana escrito:
Amor, estava guardando segredo. Comprei um vestido vermelho lindo! Mas primeiro quero realizar um sonho de adolescente! Não! De criança! é tão bobo...Não queria te contar. Ta bom! Eu conto! Tinha uma fantasia. Isso. Fantasia de descer uma escada comendo uma maçã. Sempre sonhei com isso! Não tinha prédio em nossa cidade! Depois de realizar meu sonho, vou comprar ali mesmo na esquina, uma champanhe para comemorarmos esse momento que e importante na minha vida. Ah, tem mais! Reservei duas maçãs para comermos enquanto fazemos amor! Não va para o curso antes disso! Te amo! Alias, te amo muito!!! Amor da minha vida! Razão do meu viver!!
João cai ao chão aos prantos.

Fantasias e amor

(90% fictícia.Comer a maçã na escada era um desejo meu. Eu comi a maçã. rsrs)


Escrito por Heliomar Melo

6 comentários:

  1. Oi Heliomar!!!

    Você anda muito sumido!
    Tudo bem contigo?
    Ahhh gosto do jeito que você escreve e descreve, a gente consegue ver a cena, como num filme!
    Bom final de semana e um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Que prazer ter voce aqui de novo Mari!!!

    Obrigado.

    Um abraco do tamanho do universo!!!

    ResponderExcluir
  3. Nada como ver um britânico descer do tamanco... rs
    E isso, isso é coisa pra brasileiro ver que todos somos humanos, demasiado humanos. Inclusive os britânico... rs

    Abraços, meu caro.

    ResponderExcluir
  4. Heeee rsrsrsr! Dizem que os Japoneses e os Britânicos são os mais educados do planeta, mas na hora de mostrar quem pode mais, todos são iguais os brasileiros, vence o melhor-rsrsrsr.
    Daria um prémio para filmar um discurso de ex- conjugais. Sinta-se feliz por ser livre, porque na vida diária cada um defende como pode seus direitos. Só você mesmo para descrever um evento com tanta originalidade. bjs e parabéns. Heudes

    ResponderExcluir
  5. Oi Heudes!! Prazer te-la aqui novamente!
    O problema que sempre mostramos nosso.. barraco de cada dia. Aqui... eles escondem um pouco. Quando da! rsrs

    "Heudes,um dia entenderao o que estou tentando dizer".

    Richard, tambem `e um prazer te-lo por aqui!!

    ResponderExcluir
  6. Quem é que não cái do "salto" algumas vezes na vida,não importa se ingles ou Carioca,rsrs!!!

    Um beijo!

    Sonia Regina.

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo! Sou Heliomar Melo

Minha foto
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil
Escrevo com a emocao e com o coracao. Bem Vindo a Minha Mente!!