Este é o link do meu livro: Sol Mar Mel, Fragmentos da Vida no CREATESPACE. Você ja pode comprá-lo. Também no AMAZON.COM,BR e no KINDLE (leitor eletrônico) Lembrando que no AMAZON e no KINDLE está disponível em todos os países. http://www.amazon.com/Sol-Mar-Fragmentos-Vida-Portuguese/dp/1508621047/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1424972270&sr=1-1&keywords=Sol+Mar+Mel+Fragmentos+da+Vida


sábado, 25 de julho de 2009

EU E MEU FANTASMINHA QUERIDO

Era so mais uma noite na minha solidão em Londres. Ventava muito.Preparei meu cha e fui para minha cama e pus o caneco azul de cha escrito suncars, em um pedaço de tabua que eu mesmo fiz. Assim, enquanto escrevo, saboreio meu cha inglês.
Naquela noite, depois de visto minhas coisas na internet, fiz minha oração como todo humano faz e fui dormir.
A figueira que fica encostada na minha pequena casa, empurra a casa por causa do vento. E estala o tempo todo. Ja fiquei assustado com isso antes mas descobri que era por causa da figueira.
Deitei de barriga para cima. Estava quase dormindo... quando senti um formigamento nos meus pés. Não dei muita importância. Mas o formigamento continuou subindo para minhas pernas. E nesse momento senti a presença de algo. Eu podia sentir que algo estava entrando no meu corpo. Aos poucos. Como.... Como um leque que vai abrindo ate chegar na base. Antes que chegasse na minha cabeça, eu me mantive bem.... acordado. estava sonolento. Mas não estava dormindo. Tenho certeza disso. Eu estava com medo. Afinal, esse fato ja havia acontecido comigo em um bairro aqui de Londres. Tentei dormir novamente, mas aquela mesma situação começou. E eu despertava. Não podia dormir. Tinha medo que aquilo tomasse conta com meu corpo. E assim se repetiu umas 4 vezes.
Tomei coragem e me pus a falar: Escuta aqui. Se você esta com medo, eu estou com mais medo ainda. Você morreu. Tente entender isso. Você deve estar vendo uma luz brilhante ai em algum lugar. Você deve seguir essa luz. Me perdoe minha ignorância. Não entendo dessas coisas. por favor, me deixe dormir em paz.
Parece que estava tudo bem. Mas meu fantasminha veio novamente. Tentou mais 2 vezes. E eu falei o seguinte: Tudo bem. Não sei por que, mas sinto que você esta com medo. Fica ali do lado sentado no chão. Eu estarei aqui do seu lado. Não tenha medo.
Ele ainda tentou mais uma vez. Rezei por ele. E após isso, não senti aquilo de novo. Finalmente dormi paz.

( Obs.: Pensei muito antes escrever sobre isso. Contei para algumas pessoas. Percebi que passava por... por alguém que ninguém leva a sério. Pensei muitas em relatar que era apenas um sonho para não passar por alguém com a mente fantasiosa. A sensação que era um menino, veio a minha mente. Não sei por que. Eu sentia isso. Se essa sensação era real ou não ,eu não sei. So sei que senti. O nosso cérebro e enigmático. Tudo e possível. Sou católico não praticante. Mas as coisas que sinto não são conhecidas por mim. Minha ignorância no assunto, ainda insiste em prevalecer.)

Escrito por Heliomar Melo

segunda-feira, 20 de julho de 2009

ADORAVEIS BOBOS DA CORTE

Os bobos da corte existem desde de muito tempo. Eles alegravam a realeza. Eles eram os responsaveis pela alegria. A funcao unica e exclusiva era alegrar. Eles tinham e tem um papel importante nas nossas vidas. O papel de nos entreter.
So que muita coisa mudou. E nossos herois bobos da corte de hoje sao bem diferentes dos daquela epoca.
Nossos bobos da corte hoje, sao os artistas. Cantores;atores;atletas;
jogadores....
Nossos bobos da corte de hoje, ganham muito dinheiro. Tem uma vida de reis e rainhas!
Nos, os comuns mortais, sempre ficamos esperando nossos herois nos divertirem e nos
entreternos. Ha uma cobraca calada. Cobramos sempre dos nossos herois, simpatia,jovialidade...
Os bobos da corte fazem tudo para agradar. Sao competentes e Graciosos. Mas nao basta! A plateia quer mais! A plateia anseia por mais e mais e mais....
Suas vidas estao expostas . Privacidade nao existe mais.
A carreira dos nossos bobos da corte termina quando eles ja nao tem mais energia, jovialidade e vitalidade.
Eles nascem e vivem so para nos fazerem felizes. Abencoados sejam.

Aplausos para nossos herois bobos da corte!

Heliomar Melo

quarta-feira, 1 de julho de 2009

O BRILHO DO ANEL

Envolvidos pelo encanto de Londres, dois humanos se conhecem e comecam a estabelecer lacos de amizade. Sentem falta um do outro. Se importam um com o outro..
E nem sao namorados! sao apenas amigos!
certo dia eles estavam conversando e repente a moca comeca a procurar algo.Inquieta... Ofegante... E comeca a chorar e procurar...
O rapaz preocupado, perguntou o que ela estava procurando. E ela ja em solucos disse que procurava um anel. E ele perguntou se o anel era
valioso. Ela disse que nao. Era vagabundo. Prata barata. O rapaz para tranquiliza-la disse que nao valia a pena estressar por causa de um simples anel.
A moca fecha os olhos e comeca a relembrar de um passado distante.
Duas meninas muito unidas. Eram vizinhas. Elas se adoravam. Era uma amizade linda! O tempo todo estavam as duas amigas juntas! Onde via uma... podia se
ter certeza que a outra estava por perto.Elas sempre falavam uma para a outra que jamais iriam se afastar.Ja se tornando adolescentes...E a amizade continuava.
fizeram ate um juramento de amizade eterna! Um juramento! Foram numa lojinha e compraram dois aneis de prata. Sem valor.(cheap) E assim fizeram o juramento
que usariam aqueles aneis ate o ultimo dia de suas vidas! E que aqueles aneis simbolizariam aquela amizade tao intensa.
Ja mocinhas, elas saiam...da escola e iam sempre a um riacho (river) proximo da pequena cidade. Elas faziam isso com frequencia.
Um certo dia as duas mocinhas tomaram umas bebidas e junto com um grupo de meninas e meninos, foram tomar banho no rio, como sempre faziam. Mas naquele
dia o riacho (river) estava cheio.Fortes corredeiras. Seria perigoso nadar naquele dia. Mas... uma das meninas, entrou no rio. E logo em seguida, se mostrou
estar afogando. Mas ninguem se importou com isso. Ela fazia isso o tempo todo. Eles pensaram que era mais uma brincareira da menina. Mas quando olharam
melhor, perceberam que ela estava se afogando! A correnteza estava forte demais! os garotos tentaram resgata-la, mas nao conseguiam! A outra amiga em estado de
choque so conseguia ver O BRILHO DO ANEL quando ela levantava a mao para pedir socorro. Os meninos nao chegaram a tempo. Ela desapareceu nas profundezas
do rio! Um choro coletivo inundava de lagrimas o pequeno rio.
Os bombeiros encontraram o corpo dias depois.
A amiga pediu a mae da falecida o outro anel como lembranca.Tiveram que cerrar o anel para que ele saisse da mao da falecida.
Voltando a Londres. A moca virou e falou para o rapaz: Esse e o valor do anel. Quanto vale uma amizade?

(Essa historia e de uma grande amiga aqui de Londres. Chamada Erica. Ela me autorizou a escrever e publicar.10% e ficticia)

Escrito por Heliomar Melo
Minha foto
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil
Escrevo com a emocao e com o coracao. Bem Vindo a Minha Mente!!